Acompanhe matérias e novidades

Projetar é idealizar um sonho



Fonte: Eng. Gerson Renato Magarinos

O projeto é um dos elementos fundamentais do processo de produção no setor da construção. Afinal muito mais do que empilhar tijolos ou lançar concreto, construir requer análise de calculo, detalhamento estrutural, tomada de decisões, entre outros fatores que fazem toda a diferença no produto final. Diante disso, a maneira correta e barata, de executar uma obra é começando pela elaboração dos projetos, que se tornam indispensáveis quando relacionamos tempo e custo a qualidade desejada. É neste momento que são feitas as escolhas que vão direcionar a obra. É importante que as necessidades do usuário sejam entendidas e transformadas na melhor solução arquitetônica, o que inclui não só a estética como as condições de habitação, acesso e conforto.

Na fase de projeto, ainda podem ser estudadas soluções para uma melhor eficiência das edificações, como, por exemplo, economia de energia e reuso de água, gerando uma economia no custo da operação após a entrega. O primeiro erro cometido ao se iniciar um empreendimento é já de inicio se pensar que engenheiro ou arquiteto são profissionais dispensáveis e que sua contratação somente serve para onerar a construção ou para criar projetos inexeqüíveis. Também precisamos analisar se o valor cobrado é justo e compatível com o resultado esperado, este é o ponto principal para verificar não só se o profissional é bom, mas também se terá a capacidade de realizar um projeto que satisfaça suas necessidades com qualidade e competência.
Confiar o investimento de um valor considerável de capital nas mãos de um profissional, sem experiência, qualificação ou responsabilidade legal é um risco que não compensa. Como em todas as Profissões na Engenharia existem também bons e os maus Profissionais, portanto considere alguns critérios, para acertar na escolha do Profissional que será responsável pela sua construção.
1 - Jamais baseie sua decisão no valor mais baixo, os valores são em geral proporcionais a capacidade, experiência, competência do profissional, e principalmente no tempo necessário para se desenvolver um Projeto, existe um preço médio de referência, o que estiver abaixo é duvidoso.
2 - Compare os serviços que estão sendo oferecidos, profissionais competentes tem condições de cuidar de todos os serviços, incluindo a Elaboração e coordenação dos projetos complementares (Estrutural, Instalações Hidráulicas e Elétricas, Climatização, Paisagismo e Designer). Alguns têm condições de executar todos os projetos necessários sem a necessidade de contratação de outros profissionais, o que garante qualidade, compatibilidade entre os projetos e custo reduzido.
3 - Jamais concorde em iniciar qualquer serviço sem antes firmar um contrato, verifique ainda que nele constem todos os detalhes combinados e garantias necessárias para sua segurança e tranqüilidade.
4 - Seja objetivo e claro, não sonegue informações, inclusive sobre valores que pretende investir, é impossível de outra forma tirar o máximo do Projeto sem que ele esteja aquém ou além de suas expectativas.
5 - Veja se o Engenheiro ou Arquiteto lhe dá suporte e assistência durante a fase de construção; o ideal é que o responsável pelo projeto também seja responsável pela obra em função de já ter afinidade e conhecer cada detalhe do projeto.
6 - Verifique se é um Profissional ?de escritório? ou se tem afinidade com construção, não é regra, mas os melhores Projetistas em geral já vivenciaram obras na prática e desta forma ficam mais a vontade para distinguir no projeto o que é viável ou não, pequenos detalhe muitas vezes podem onerar o empreendimento, ter execução complicada comprometendo os prazos e investimentos previstos e até mesmo ter estética duvidosa, quando executado na obra.

Não se esqueça de que um projeto é composto por vários projetos todos de vital importância para garantir conforto, segurança, economia antes durante e após o termino da obra, são eles: Projeto arquitetônico: Tem a finalidade de idealizar e planejar de forma a obter o melhor aproveitamento dos espaços com harmonia e maior conforto dos ambientes. Projeto Estrutural: tem como objetivo dimensionar e detalhar os elementos estruturais: blocos, sapatas, pilares, cintas, vigas e lajes; de forma a obter segurança com economia. Projeto hidráulico: A finalidade do projeto de instalação hidráulica é dimensionar as redes e ramais de água canalizada e tratada, através de cálculo, de forma a obter melhor alimentação de água nos pontos de consumo, visando economia e custo das instalações, por exemplo que o chuveiro tenha pressão para um bom banho.

Projeto sanitário: tem a finalidade de dimensionar as redes e ramais do esgoto, através de cálculo, de forma que satisfaçam as condições necessárias de higiene, segurança, economia e conforto dos usuários, como por exemplo, evitar que não volte cheiro nos ralos, pias e lavatórios. Projeto de instalação elétrica: O objetivo do projeto de instalação elétrica é dimensionar as redes e ramais, localizar os pontos de utilização da energia, dividir os circuitos, determinar as seções dos condutores, através de cálculo, de forma a obter melhor alimentação nos pontos de consumo, visando economia de energia e custo das instalações, por exemplo, uma fiação mal dimensionada causa um maior consumo de energia.

Projeto de Climatização: Visa dimensionar potencia dos aparelhos, melhor localização e pontos de evaporação e carga elétrica instalada. Existem obras que necessitam de outros projetos como: Combate á incêndio, alarme, drenagem, contenção de encostas, paisagismo, Interiores, etc... Independente de quais projetos serão necessários a sua obra, ou mesmo de que profissional você escolha, lembre-se que o resultado final deverá compensar todos os seus investimentos e garantir estabilidade segurança e conforto a sua obra.